Please reload

Posts Recentes

Você conhece o Contracolado Artístico?

February 25, 2018

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Aprenda a desenhar com exercícios simples!

February 15, 2018

Se você é como aquelas pessoas que acreditam serem incapazes de desenhar qualquer coisa além de bonecos de palitinhos e que continuam desenhando como crianças, convido vocês a acompanharem nossa série "Eu Consigo Desenhar".

Uma série especial para te ajudar a desenvolver a habilidade de desenhar!

 

 

 

Tem muita gente que acredita que não é capaz de desenhar nada que não seja boneco de palitinhos, sol, casinha de telhado de triângulo em cima de um quadrado... Aqueles desenhos que faziam quando crianças e que continuam reproduzindo na idade adulta. Mas a verdade é que qualquer um é capaz de desenhar! E é isto que vou demonstrar, simplificadamente, baseada no livro “Desenhando com o lado direito do cérebro” de Betty Edwards. Desenhar é uma habilidade que se desenvolve, que pode ser ensinada e aprendida através de exercícios.

 

 

 

 

Primeiro vamos entender como nosso cérebro funciona. Ele se divide em dois hemisférios, o direito e o esquerdo. O hemisfério esquerdo é o dominante, ele é verbal e racional. Como é o mais utilizado, ele recebe muitas informações que tem que processar e armazenar rapidamente. Uma vez recebida a informação visual, ele cria símbolos esquematizados, que serão  acessados sempre que receber a mesma imagem. Por exemplo: quando olhamos uma cadeira o hemisfério esquerdo sabe que é uma cadeira, quando desenhamos uma cadeira com palitinhos, ele reconhece esta imagem como o símbolo de uma cadeira, aceita como uma cadeira e registra. É o desenho de uma cadeira. Por isso quando queremos desenhar qualquer objeto, nosso hemisfério dominante nos manda a imagem simbólica e sintética que ele tem registrado, e nossa mão executa a ordem, aí então desenhamos de forma infantil.

 

 Como desenhar então?

 

Acessando o hemisfério direito, que é visual, criativo e intuitivo. A imagem é reconhecida em seus detalhes, completa. Perceber  o objeto e colocar no papel o que você, realmente, está vendo, é a habilidade que iremos desenvolver. Ver e enxergar são coisas diferentes, na modalidade visual enxergamos o objeto como ele é e como participa de um espaço com relação a outros objetos. Quando usamos o hemisfério direito somos capazes de usar metáforas, sonhar, combinar as informações de maneiras diversas e criativas. Aprendemos "aos saltos", quando nos damos conta já sabemos, mas não usamos raciocínio lógico, simplesmente "cai a ficha".

E como acessar o hemisfério direito do cérebro?

 

Aí é que entra o método proposto: através de exercícios!

E aqui vai o primeiro da nossa série:

 

 

  • Pegue duas folhas de papel e um lápis.

  • Amasse uma das folhas e coloque sobre a mesa e não mexa mais.

  • Observe-a por 3 minutos, atentamente, concentrando nas linhas do amassado. Não pense em mais nada.

  • Na outra folha colocada bem a sua frente, comece a fazer sua garatuja (rabiscos), sem olhar para o que está desenhando.

  • Deixe seu olhar percorrer as linhas, vagarosamente, risque, também, vagarosamente. Procure não tirar o lápis do papel, acompanhe cada dobra, cada linha.

  • E não esqueça! Não pode olhar para o desenho!

  • Faça o exercício por 5 minutos. Guarde sua garatuja para comparar com o próximo exercício. Repita no dia seguinte. Você se sentirá, cada vez mais envolvido pelo trabalho.

  • Você pode fazer este exercício observando a palma de sua mão entreaberta, risque em sua folha todas as linhas que enxergares.

 

Se você se interessou, continue acompanhando nosso blog, que em breve volto com  o próximo exercício. Vamos percorrer este caminho juntos!

 

E se puder, nos encaminhe por e-mail o seu rabisco que vou pessoalmente comentar. Queremos acompanhar o seu desenvolvimento de pertinho!

Nosso e-email: emailcasaamarela@gmail.com

 

Tchau, até a próxima!

 

Curtir
Please reload

Siga